Jornalistas são hostilizados e ameaçados por bolsonaristas em Aparecida

Durante as comemorações do Dia de Nossa Senhora Aparecida, bolsonaristas ameaçam cinegrafista e armam confusão

Os profissionais da TV Vanguarda foram hostilizados por bolsonaristas enquanto cobriam a visita do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Aparecida (SP) para a festa da padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, na tarde desta quarta-feira (12/10). A emissora é afiliada da Rede Globo no interior de São Paulo.

Em vídeos que circulam nas redes sociais é possível ver que apoiadores do presidente gritam ofensas direcionadas aos profissionais da imprensa como “lixo”, “vocês estão falidos”, “você é um comunista”, “imprensa lixo”, entre outras hostilidades.
Um eleitor pede que o cinegrafista o filme e diz em direção à câmera: “Lula ladrão, seu lugar é na prisão”.

 

A repórter Daniela Lopes e o repórter cinematográfico Thales Andrade concederam uma entrevista à CNN Brasil e contaram o que aconteceu. De acordo com eles, a confusão começou porque Andrade filmou uma pessoa com uma camiseta com a foto do ex-presidente e candidato à presidência Luiz Inácio Lula da Silva, e apoiadores do atual presidente se irritaram e partiram para cima dele, que chegou a receber tapas no peito.
Durante a manhã, o presidente e candidato à reeleição visitou Belo Horizonte, onde participou de um culto evangélico e concedeu uma entrevista exclusiva para a TV Alterosa, do grupo Diários Associados. Logo depois, ele partiu para o interior de São Paulo para a missa no Santuário Nacional de Aparecida.
Fonte: https://www.em.com.br/

Related posts

Deixe uma resposta