Ministério público impugna mandatos e pede cassação de três deputados

O juiz eleitoral Fábio Leandro de Alencar Cunha recebeu a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) com o parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE) de impugnação e pedido de cassação dos mandatos dos deputados Chió, Doutor Érico e Bosco Carneiro. A informação foi confirmada ao ClickPB na tarde desta segunda-feira (7) pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).

O TRE-PB informou ao ClickPB que o juiz eleitoral Fábio Leandro de Alencar Cunha “já está debruçado sobre o conjunto dos autos analisando todas as provas.”

Sobre o parecer, o Tribunal explicou que ainda haverá um tempo para que o magistrado se pronuncie, “pois o processo chegou agora e o Drº Fábio Leandro de Alencar Cunha ainda está debruçado sobre o conjunto dos autos analisando todas as provas. O juiz disse que não tem como precisar uma data para pautar para julgamento.”

Parecer do MPE

O Ministério Público Eleitoral (MPE) impugnou os mandatos eletivos dos deputados Bosco Carneiro, Drº Érico e Chió sob acusação de fraude nas eleições de 2018. A ação foi apresentada pela coligação A Força da Esperança II contra a coligação A Força do Trabalho V, formada pelo Democratas, Rede, PMN e Cidadania.

O procurador Regional Eleitoral, Rodolfo Alves Silva, deu parecer parcial pela procedência da Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime). A ação aponta que houve candidaturas femininas fictícias nas Eleições 2018 para preenchimento do quadro de candidatas da coligação.

clickpb

 

Related posts

Deixe uma resposta