Mulher acusada de torturar e cortar pênis de menino de 7 anos é presa

Deusiane dos Reis Santos tinha, na época, a guarda provisória do menino junto com a então companheira.

A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu, no último domingo (3), uma mulher acusada de torturar uma criança de 7 anos, em 2015, na cidade de Belford Roxo (RJ). Deusiane dos Reis Santos tinha, na época, a guarda provisória do menino junto com a então companheira. As informações são do jornal Extra.

A mulher é acusada de fazer “um corte profundo na genitália” do menino de 7 anos como forma de castigo, usando uma tesoura. A agressão teria sido feita por um suposto “comportamento agressivo” da criança dentro de casa, com “atitudades agitadas e trangressoras”.

Deusiane estava foragida desde setembro de 2019, quando teve a prisão decretada pela 2ª Vara Criminal. Ao longo do processo, ela não foi localizada diversas vezes, o que motivou o pedido de prisão. Anos depois, ela foi encontrada em Alfenas (MG) após denúncia anônima.

Após o crime, o casal que tinha a guarda da criança, a devolveu para o abrigo alegando falta de adaptação. Neste momento, Deusiane disse que o menino tinha sofrido um acidente e prendido o pênis no zíper. A vítima, porém, confessou que foi a mulher que tinha o agredido com uma tesoura.

Por ISTOÉ

Related posts

Deixe uma resposta