Portal Mídia

O maior portal de Guarabira e do Brejo

Organização criminosa presa na Paraíba comprou imóveis de luxo e vendia roupas com dinheiro do tráfico

Os criminosos comercializavam roupas e investiam na compra de imóveis de luxo com o dinheiro obtido com o tráfico de drogas, realizando lavagem de dinheiro.

A organização criminosa interestadual que foi desarticulada na manhã desta quarta-feira (14), após uma operação da Polícia Federal na Paraíba e outros três estado. Os criminosos comercializavam roupas e investiam na compra de imóveis de luxo com o dinheiro obtido com o tráfico de drogas, realizando lavagem de dinheiro. A PF chegou à organização após a apreensão de quantidades significativas de skank e cocaína na Paraíba. Até o momento, estão sendo cumpridos 30 mandados de prisão, sendo apenas 10 em João Pessoa.

Um dos alvos da operação foi um homem que está preso na penintenciária Silvio Porto, em Mangabeira.

De acordo com o Marcelo Ivo, superintendente da Polícia Federal na Paraíba,  além das prisões também estão sendo cumpridos 27 mandados de busca e apreensão. À imprensa, Ivo detalhou que além da compra de imóveis e venda de roupas, o grupo fazia empréstimo de dinheiro a juros.  Intitulada de ‘operação Bayerische’ a ação recebeu esse nome pois a ORCRIM utilizava símbolos de marcas alemãs para identificar a droga comercializadas por eles.

Em um dos locais onde ocorreu prisão e busca, o acusado tentou esconder parte da droga que estava com ele dentro de um vaso sanitário (foto abaixo). Até o fechamento da matéria, a Polícia Federal não havia informado detalhes sobre os valores apreendidos em droga e quantidade de dinheiro que foi bloqueado em contas bancárias dos investigados.

A operação conta com a participação de 110 policiais federais com o auxílio de agentes das forças de seguranças da Paraíba. Confira imagens: 

clickpb

curtida no instagram, comentário no instagram, seguidor do instagram-4294405.jpg

nossas redes sociais

%d blogueiros gostam disto: