Padre é afastado da arquidiocese de Natal após vazamento de áudio confessando relacionamento com homem noivo

Mulher descobre que marido tinha caso com padre, no RN: “Celebrou nosso casamento”

 

O padre Júlio Cezar Souza Cavalcante, sacerdote na Arquidiocese de Natal, foi afastado de suas funções

No áudio, o padre admite relações sexuais com o homem, que aconteceram mais de uma vez entre os anos de 2010 e 2012.

A Arquidiocese de Natal afastou nesta sexta-feira (3) o padre Júlio Cezar Souza Cavalcante das funções ministeriais depois da repercussão de um áudio vazado, onde o sacerdote confessa suposto relacionamento com um homem que estava noivo e era fiel da igreja onde ele exercia a função.

Segundo a Arquidiocese, o afastamento se deu a fim de que possam ser apurados os fatos e tomadas as devidas providências. A igreja informou ainda que vai abrir uma investigação, conforme prescreve o Direito Canônico, foi aberta para que sejam averiguadas as possíveis responsabilidades.

Conforme o áudio, o relacionamento aconteceu há cerca de 10 anos. O homem era noivo e o padre celebrou o casamento dele com a esposa pouco tempo depois do envolvimento dos dois.

O padre confessa à mulher as relações sexuais, que segundo ele, aconteceram “duas ou três vezes”. Já o homem admite a traição e afirma que foram várias vezes, entre os anos de 2010 e 2012.

Ainda de acordo com o áudio, o padre teria convidado o homem para dormir na Paróquia diversas vezes.

Em 2019, a esposa do homem descobriu a traição e confrontou os dois, que confessaram a relação.

O caso chegou a ser o assunto mais comentado da sexta-feira no Twitter.

Logo depois, a mulher se pronunciou afirmando que não foi ela nem o marido que vazaram o áudio. Ela o perdoou e eles restauraram o casamento.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta