Padre é encontrado morto em paróquia no Paraná, afirma Diocese

O padre José Aparecido Bilha, de 63 anos, foi encontrado morto nesta segunda-feira (21) dentro da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Guaíra, no oeste do Paraná. A informação foi confirmada pela Diocese de Toledo, que se pronunciou por meio de nota.

Segundo a Diocese, Bilha “estava no exercício de seu ministério como pároco na cidade de Guaíra e foi encontrado morto por funcionários na abertura do expediente desta segunda”.

Na nota, a Diocese não informou o local da paróquia onde o padre foi localizado, nem se ele apresentava algum ferimento.

José Aparecido Bilha tinha 63 anos e foi localizado por funcionários da igreja da qual era pároco desde 2020. Polícia Civil afirmou ainda que corpo estava com “ferimento de faca no pescoço”.

A Polícia Civil (PC-PR) de Guaíra, no oeste do Paraná, afirmou nesta terça-feira (22) que a morte do padre José Aparecido Bilha, de 63 anos, “não têm indícios de homicídio”.

Conforme o delegado João Paulo Laundos, o corpo apresentava “ferimento de faca no pescoço”.

O padre foi encontrado na segunda-feira (21) dentro da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Guaíra, no oeste do Paraná. A informação foi confirmada pela Diocese de Toledo, que se pronunciou por meio de nota.

Segundo a Diocese, Bilha “estava no exercício de seu ministério como pároco na cidade de Guaíra e foi encontrado morto por funcionários na abertura do expediente desta segunda”.

Na nota, a Diocese não informou o local da paróquia onde o padre foi localizado, nem se ele apresentava algum ferimento.

A polícia afirmou ainda que instaurou um inquérito policial para apurar o caso e que aguarda laudos complementares que auxiliarão no andamento da investigação.

Trajetória

De acordo com a Diocese, o Padre José Aparecido Bilha nasceu em Astorga, no Paraná, e tinha 28 anos de sacerdócio.

Ele exerceu o ministério presbiteral em Assis Chateaubriand, Quatro Pontes, Toledo, Formosa do Oeste e Guaíra, afirma a Diocese.

Sepultamento

Ainda segundo a nota, a Diocese de Toledo explicou que inicialmente a comunidade de Guaíra poderá se despedir do padre.

Em seguida, o corpo dele será levado para a Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Assis Chateaubriand, onde o velório seguirá até 15h desta terça-feira (22) e, depois, o sepultamento.

G1

Related posts

Deixe uma resposta