Paleontólogos descobrem mamífero mais antigo da Terra no Rio Grande do Sul

A análise foi feita a partir das dentições encontradas em rochas fossilíferas.

Pesquisadores concluem que pequenos fósseis encontrados no Rio Grande do Sul no início dos anos 2000 são dos mamíferos mais antigos do planeta Terra. A publicação foi feita no Journal of Anatomy.

O artigo, feito por cientistas britânicos e brasileiros, afirma que o material tem 225 milhões de anos, e pertencem aos Brasilodon quadrangularis.

A análise foi feita a partir das dentições encontradas em rochas fossilíferas que pertenceram ao período Triássico/Noriano. Em um primeiro momento, os fósseis foram descobertos em Faxinal do Soturno, na Região Central do Rio Grande do Sul, mas depois foram vistos também em outros pontos do estado.

Os brasilodotídeos eram animais de apenas 20 centímetros, e se pareciam com os pequenos roedores que encontramos hoje em dia.

Apesar de terem sido encontrados no início dos anos 2000, os fósseis ainda não tinha tido uma identidade estabelecida como mamíferos, e sim como répteis. Contudo, na época em que ele foi classificado, em 2003, não existiam ferramentas acadêmicas que pudessem fazer uma análise de dentição para a definição correta.

Desde 2004 um grupo de pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) estudam o material, e com o aperfeiçoamento das ferramentas disponíveis, fizeram uma nova constatação.

MSN

Related posts

Deixe uma resposta