Paraíba prepara rede hospitalar para surgimento de eventuais casos de varíola dos macacos

Paraíba prepara rede hospitalar para surgimento de eventuais casos de varíola dos macacos

No Brasil já são quatro casos suspeitos de contágio que estão sendo monitorados, nos estados de Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará.

Os casos de varíola dos macacos crescem em todo o mundo e já começam a preocupar as autoridades de saúde do Brasil e da Paraíba. Nesta quarta-feira (1º), o secretário revelou que haverá uma reunião entre a Secretaria de Saúde da Paraíba e as direções dos hospitais universitários de todo o estado. Segundo o secretário executivo da Saúde Jhony Bezerra disse, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da rádio Arapuan FM, a intenção é “desenhar um fluxo de atendimento e regulação para atender esses possíveis pacientes”.

Ele ainda destacou que “há uma preocupação que essa doença possa aparecer na Paraíba”. No entanto, o estado pretende se antecipar e já se preparar para eventuais casos que possam surgir.

No Brasil já são quatro casos suspeitos de contágio que estão sendo monitorados, nos estados de Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Ceará. Em todo o mundo já são 600 casos confirmados em pelo menos 26 países. A maioria dos casos se concentra na Europa. Espanha, Reino Unido e Portugal concentram 70% dos casos.

Os primeiros sintomas da doença são febre, dor de cabeça, dor no corpo e nas costas, inchaço nos linfonodos, exaustão, calafrios e bolinhas que aparecem no corpo inteiro (principalmente rosto, mãos e pés) e evoluem, formando crostas até cair.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta