Paraíba registra cinco novos casos suspeitos de varíola dos macacos, diz Secretaria de Saúde

Até o momento foram confirmados 13 casos em João Pessoa, três casos no vizinho município de Cabedelo e um caso em Campina Grande.

O novo boletim de casos de varíola dos macacos, emitido na noite de ontem (23) pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), registrou cinco novos casos suspeitos de monkeypox no estado. De acordo com a secretaria, agora são 137 casos suspeitos. No boletim do dia anterior existiam 137 pessoas com suspeitas.

Em relação ao número de casos confirmados não houve acréscimo. Até o momento foram confirmados 13 casos em João Pessoa, três casos no vizinho município de Cabedelo e um caso em Campina Grande. Também há um caso considerado como provável na capital.

Os municípios com casos em investigação são 28: Alagoinha (1), Alhandra (1), Assunção (2), Bayeux (1), Boqueirão (1), Cabedelo (20), Cajazeiras (6), Campina Grande (6), Conde (1), Cruz do Espírito Santo (1), Itabaiana (1), Itatuba (1), Jacaraú (1), João Pessoa (72), Juripiranga (1), Lucena (2), Mamanguape (1), Monteiro (2), Nova Palmeira (1), Patos (1), Pitimbu (3), Pedro Régis (1), Santa Rita (2), São Bento (1), Sapé (1), Serraria (2) e Sousa (1).

Sintomas

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os sintomas mais comuns nos casos de varíola dos macacos são: febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. Geralmente, há fases com início de febre de 1 a 3 dias, com surgimento de erupções.

A Monkeypox é autolimitada, mas pode ser grave em alguns grupos, como: crianças, gestantes ou imunossuprimidos.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta