Pedro garante diminuir impostos e investir nas vocações econômicas para gerar emprego e renda aos paraibanos

Pedro criticou a má gestão econômica do atual governador e garantiu um novo momento para o setor.

Para trazer mais competitividade, gerar emprego e renda para a população é essencial reestruturar a política tributária estadual e investir nas vocações econômicas das regiões. Estes foram compromissos assumidos pelo candidato ao Governo da Paraíba, Pedro Cunha Lima, durante debate realizado nesta sexta-feira (21) pela TV Borborema, em Campina Grande. Pedro criticou a má gestão econômica do atual governador e garantiu um novo momento  para o setor.

“A Paraíba sabe a péssima postura do atual governo em relação à economia. Durante a pandemia massacrou o comércio, não teve sensibilidade sequer de dialogar. É o governador de criar impostos. Na energia solar a Paraíba tem o imposto do sol. Apenas dois estados do Nordeste têm esse imposto. Na Indústria cobra um Fundo de Equilibrio financeiro, que outros estados não cobram. É claro que vamos perder competitividade. Vamos mudar isso, parar de massacrar quem empreende e gera desenvolvimento”, disse, garantindo que quando governador vai investir nas vocações econômicas das regiões.

“O atual governo não favorece o desenvolvimento dos nossos potenciais. O Maior São João do Mundo, por exemplo, não recebeu nenhum investimento por parte do Governo, que gasta R$ 33 milhões para fazer propaganda de si mesmo, mas não divulga nossos potenciais turísticos. É preciso mudar esse modelo”.

Pedro também cobrou a entrega de obras importantes para Campina Grande. “Governo tem que trabalhar para todas as cidades, incluindo Campina. Aqui prometeram entregar o Centro de Convenções, promessa que se arrasta desde 2011. João vai completar 12 anos dentro desse governo, foi super secretário de Ricardo Coutinho, hoje é governador e nada fez. A Paraíba pode ter certeza que isso vai mudar, vou oferecer meu melhor para garantir uma gestão eficiente e que apresente trabalho”.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta