Polícia investiga vazamento de vídeo íntimo de Gabriel Monteiro e uma jovem de 15 anos

Polícia investiga vazamento de vídeo íntimo de Gabriel Monteiro e uma jovem de 15 anos

A Polícia Civil investiga o vazamento de um vídeo íntimo do vereador Gabriel Monteiro e de uma jovem de 15 anos fazendo sexo.

Tanto Monteiro quanto a jovem alegam que tanto a relação íntima quanto a gravação do vídeo foram autorizadas pelas duas partes. Gabriel afirma ainda que a jovem teria dito a ele que era maior de idade.

A jovem de 15 anos, acompanhada da mãe, e o próprio vereador foram à 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) para abrir um registro de ocorrência sobre o caso. Na delegacia, a mãe da adolescente disse que o ato entre a filha e o vereador foi consensual.

 O vereador e ex-policial militar Gabriel Monteiro fala à imprensa na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, no centro da cidade. — Foto: Paulo Carneiro/Estadão Conteúdo

O vereador e ex-policial militar Gabriel Monteiro fala à imprensa na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, no centro da cidade. — Foto: Paulo Carneiro/Estadão Conteúdo

Gabriel Monteiro afirma que dois ex-assessores teriam sido responsáveis pelo vazamento. Os dois ex-servidores do gabinete do vereador devem ser chamados para prestar depoimento.

No último domingo, o Fantástico revelou que ex-servidores do gabinete de Gabriel Monteiro acusaram o vereador de assédio moral, assédio sexual e agressões. Uma mulher, que não quis ser identificada, afirma ter sido estuprada pelo vereador.

Terceiro vereador mais votado no Rio, Gabriel Monteiro é acusado de assédio moral e sexual por servidores e ex-funcionários

Deputado registra queixa

 

Nesta terça-feira (29), o deputado estadual Giovani Ratinho (Pros) registrou queixa na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), no Centro, e entregou 6 vídeos à polícia.

Segundo ele, em pelo menos 3 vídeos elas demonstram que não queriam ser gravadas.

O deputado estadual Giovani Ratinho (Pros) registrou queixa polícia — Foto: Reprodução/TV Globo

O deputado estadual Giovani Ratinho (Pros) registrou queixa polícia — Foto: Reprodução/TV Globo

“Trouxe vídeos que recebi anonimamente no meu gabinete avançado em São João de Meriti. Aparentemente, parecem ser menores de idade”, disse Ratinho.

Conselho de Ética

 

O vereador Gabriel Monteiro (sem partido) é alvo de 8 denúncias no Conselho de Ética da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. O ex-PM também tem outros 5 processos que ainda não chegaram aos integrantes do conselho. Ao todo, são 13 denúncias contra o vereador-youtuber no legislativo municipal.

Conselho de Ética da Câmara decide adiar decisão sobre abertura de processo contra Gabriel Monteiro

Na última terça-feira (29), o colegiado decidiu adiar por uma semana a decisão sobre a abertura ou não de um processo administrativo contra o político.

No próximo dia 5 de abril, os membros do Conselho de Ética vão decidir sobre uma possível representação contra o vereador, com base na última denúncia que chegou ao conhecimento da Câmara. Os políticos vão avaliar acusações feitas por pessoas que trabalharam para Gabriel Monteiro.

G1

Related posts

Deixe uma resposta