Processada pelo MBL, Juliette rebate acusação de fazer campanha para Lula em show: “estratégia é tão óbvia. Só não enxerga quem não quer. Próxima pauta”

“A estratégia é tão óbvia. Só não enxerga quem não quer. Próxima pauta. Vamos falar de coisa boa?”, escreveu a cantora nas suas redes sociais

Depois de ser acusada de fazer campanha para a pré-candidatura à Presidência de Lula, do PT, por integrantes do Movimento Brasil Livre, o MBL,  durante um show em Caruaru, em Pernambuco, a cantora e ex-BBB Juliette  rebateu: “A estratégia é tão óbvia. Só não enxerga quem não quer. Próxima pauta. Vamos falar de coisa boa?”, escreveu nas suas redes sociais.

A ocasião criticada aconteceu em uma festa de São João e enquanto o público entoava “olê, olê, olá, Lula” em coro, a cantora riu e disse “ê, Pernambuco, respeita!”.

O pré-candidato a deputado federal por São Paulo, Rubinho Nunes, e o também pré-candidato a deputado estadual em São Paulo —ambos pelo União Brasil—, Guto Zacarias, protocolaram uma representação no Ministério Público Eleitoral pedindo que Juliette e Lula paguem uma multa, já que a cantora teria transformado sua apresentação num “showmício”.

Caso seja comprovada a campanha pelo Ministério Público Eleitoral, a cantora deverá pagar multa.

clickpb

Related posts

Deixe uma resposta