Regina Duarte diz que rejeição por Bolsonaro é uma ‘completa ignorância’

Segundo Regina, “o ódio se espalha através da ignorância. E boa parte da rejeição ao presidente se deve a uma completa ignorância”.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) — A atriz Regina Duarte, 75, que por três meses, em 2020, comandou a Secretaria Especial da Cultura do governo Bolsonaro, fez um vídeo em que defende o atual presidente do que ela chamou de massacre sem tréguas de parte da população.

Segundo Regina, “o ódio se espalha através da ignorância. E boa parte da rejeição ao presidente se deve a uma completa ignorância”.

O vídeo foi postado na conta oficial da artista na noite de quarta-feira (21), horas depois de estrelas da música e da dramaturgia aparecerem em um outro vídeo de uma campanha nas redes sociais a favor de Lula. No conteúdo, nomes como Caetano Veloso, Gal Costa, Arnaldo Antunes, Alinne Moraes, Cláudia Abreu e Zezé Polessa pedem um ‘vira voto’ para o candidato petista à presidência ganhar a eleição.

Regina Duarte continuou seu discurso em prol de Bolsonaro ao associar o ódio de parte do eleitorado a uma “propaganda massiva, diária e sem tréguas que vem massacrando os brasileiros há mais de três anos e meio contra seu presidente eleito democraticamente”.

Na opinião da atriz, isso acaba por convencer boa parte das pessoas de que nada no governo Bolsonaro é positivo. Nas redes sociais, o vídeo de Regina dividiu opiniões e levou seu nome ao assunto mais comentado desta manhã de quinta-feira (22).

FOLHAPRESS

Related posts

Deixe uma resposta