Caso Júlia: padrasto disse que há 4 meses vinha abusando sexualmente da menina

O padrasto da adolescente Júlia dos Anjos, de 12 anos, Francisco Lopes, confessou à Polícia Civil que estuprava a adolescente há quatro meses, inclusive no dia do crime, antes de matá-la. O suspeito do crime foi ouvido novamente no fim da manhã desta terça-feira (19) pelo delegado Hector Azevedo. O corpo de Júlia foi liberado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC) nesta quarta-feira (20) diretamente para ser sepultado no Cemitério Jardim Mangabeira. O corpo foi encontrado e retirado de dentro da cacimba, que é um pequeno poço, na tarde do…

Read More

Padrasto confessa que cometeu abuso sexual contra Júlia antes de matá-la dentro de casa e ocultar corpo em João Pessoa

Padrasto confessa que cometeu abuso sexual contra Júlia antes de matá-la dentro de casa e ocultar corpo em João Pessoa O homem passou por audiência de custódia nesta quarta-feira (13) após ter sido preso ontem (12) ao confessar que assassinou a criança da família. Até ontem ele negava ter cometido abuso sexual contra Júlia, mas hoje confessou na audiência de custódia. Francisco Lopes, padrasto de Júlia dos Anjos Brandão, confessou que cometeu abuso sexual contra a enteada de 12 anos antes de matá-la estrangulada dentro de casa e esconder seu…

Read More