PF tem até dia 28 para tomar depoimento de Bolsonaro sobre vazamento de dados sigilosos

Prazo definido por Alexandre de Moraes em 2021 está prestes a expirar. Presidente é investigado por ter divulgado dados de apuração em andamento sobre ataque hacker ao TSE. A Polícia Federal tem até o dia 28 de janeiro para tomar o depoimento do presidente Jair Bolsonaro sobre o vazamento de documentos sigilosos. O prazo foi estabelecido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, relator de um inquérito sobre a divulgação dos dados sigilosos de uma investigação sobre um ataque ao sistema do Tribunal Superior Eleitoral. No ano passado, Moraes deu 60 dias…

Read More