Bento XVI acobertou casos de pedofilia na Alemanha, diz relatório

Acusações são da época em que ele foi arcebispo de Munique e Freising; o papa emérito nega qualquer alegação. O papa emérito Bento XVI teria acobertado casos de pedofilia na Alemanha, segundo um relatório independente publicado nesta quinta-feira (20). “Ele havia sido informado sobre o que aconteceu”, disse o advogado Martin Pusch, um dos responsáveis pela investigação, em entrevista coletiva em Munique.   As acusações contra Bento XVI são de que ele não teria agido para impedir que um padre abusasse de quatro meninos na época em que foi arcebispo de…

Read More