Veja quem são os pré-candidatos à Presidência para as eleições 2022

Veja quem são os pré-candidatos à Presidência para as eleições 2022

Candidaturas serão oficializadas até 5 de agosto, data-limite para que os partidos e federações realizem suas convenções

No dia 2 de outubro, os brasileiros irão às urnas decidir seus representantes para os próximos anos. Doze políticos, até o momento, se colocam como pré-candidatos à Presidência da República, que tem mandato de quatro anos e possibilidade de reeleição.

Além do presidente, o pleito também decidirá os deputados estaduais e federais, senadores e governadores.

As candidaturas serão oficializadas até o dia 5 de agosto, data-limite para que os partidos e federações realizem suas convenções e confirmem quem irá concorrer para presidente edemais cargos. Até lá, os nomes são considerados pré-candidatos.

Veja abaixo a lista de pré-candidatos à Presidência:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Lula, caso a pré-candidatura à Presidência seja confirmada, disputará sua sexta eleição para o cargo. Derrotado em 1989, 1994 e 1998, o petista foi eleito no segundo turno em 2002 e reeleito, também em segundo turno, quatro anos depois. Metalúrgico e líder sindical, o ex-presidente foi deputado federal por São Paulo por um mandato antes de suas incursões nacionais. Ele chegou a se colocar como pré-candidato à Presidência para retornar ao cargo nas eleições de 2018, quando estava preso em decorrência de uma condenação no âmbito da Operação Lava Jato.

Pernambucano de Garanhuns, viúvo da ex-primeira-dama Marisa Letícia e pai de cinco filhos, Lula casou-se novamente em maio com a socióloga Rosângela da Silva.

Jair Bolsonaro (PL)

Candidato à reeleição, o presidente Bolsonaro disputará as eleições de 2022 pelo PL, seu décimo partido. Eleito pela primeira vez para um cargo majoritário em 2018, quando venceu a disputa pelo Planalto, fez carreira como deputado federal pelo Rio de Janeiro, cargo que ocupou de 1990 a 2018. Antes, foi vereador da capital fluminense por dois anos.

Nascido no interior de São Paulo, na cidade de Glicério, Bolsonaro é casado com a primeira-dama Michelle Bolsonaro, pai de 5 filhos e capitão do Exército.

Ciro Gomes (PDT)

Em sua quarta tentativa de ser presidente da República, Ciro começou a carreira política como deputado estadual pelo Ceará, antes de ser eleito prefeito da capital, Fortaleza, e depois governador do estado. Ocupou ministérios nos governos de Itamar Franco (Fazenda) e Lula (Integração Nacional) e foi deputado federal.

Advogado e professor universitário, Ciro Gomes é natural de Pindamonhangaba (SP), pai de quatro filhos e casado com Giselle Bezerra.

Simone Tebet (MDB)

Senadora da República em primeiro mandato, Simone Tebet começou a carreira política em 2002, ao ser eleita deputada estadual em Mato Grosso do Sul. Foi prefeita por dois mandatos da cidade de Três Lagoas, de onde saiu para ser vice-governadora do estado.

Advogada e professora de direito, Tebet é casada com o deputado estadual Eduardo Rocha e mãe de duas filhas.

André Janones (Avante)

Eleito deputado federal por Minas Gerais em 2018, André Janones passou por dois partidos (PT e PSC) antes de se filiar a sua legenda atual. Ele concorreu à prefeitura de Ituiutaba, cidade onde nasceu, em 2016.

Advogado, ganhou notoriedade e um grande número de seguidores nas redes sociais durante a greve dos caminhoneiros, em 2018.

Luciano Bivar (União Brasil)

Deputado federal por Pernambuco e presidente nacional do União Brasil, Luciano Bivar ocupou a vice-presidência da Câmara dos Deputados entre 2019 e 2021. Fundou o extinto PSL, que presidiu por duas décadas – a fusão da legenda com o DEM deu origem ao União Brasil.

Natural do Recife, é empresário e foi dirigente do Sport, clube de futebol da capital pernambucana. Bivar é casado com Catarina Petribú Bivar e pai de três filhos.

Felipe d’Avila (Novo)

Estreante em eleições, Luiz Felipe d’Avila é cientista político e mestre em administração pública. Há 14 anos, fundou o Centro de Liderança Política (CLP).

Paulista e engenheiro de formação, ele é pai de dois filhos e casado com Ana Maria Diniz.

José Maria Eymael (DC)

Em sua sexta campanha presidencial, Eymael foi deputado federal por três mandatos, entre 1986 e 1995, representando o estado de São Paulo. Disputou quatro vezes a prefeitura da capital paulista.

Advogado e natural de Porto Alegre, ele é casado com Ísola Selbach Eymael e pai de dois filhos.

Vera Lúcia (PSTU)

Co-fundadora do PSTU, partido pelo qual concorre pela segunda vez à Presidência, Vera Lúcia também disputou as prefeituras de São Paulo e Aracaju e o governo de Sergipe, além de ter se candidatado a uma vaga na Câmara dos Deputados.

Graduada em Ciências Sociais e natural de Inajá, em Pernambuco, Vera Lúcia foi diretora da Central Única dos Trabalhadores e da Federação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Têxtil.

Leonardo Péricles (UP)

Leonardo Péricles é o presidente e foi um dos fundadores da Unidade Popular, legenda pela qual concorre.

Técnico em eletrônica e mecânico de manutenção de máquinas, foi um dos líderes dos movimentos contra a Copa do Mundo no Brasil, em 2014. É natural de Belo Horizonte.

Pablo Marçal (Pros)

Em sua primeira disputa eleitoral, Pablo Marçal seria também o primeiro candidato do Pros à Presidência da República, caso o nome seja confirmado.

Natural de Goiânia, casado e pai de quatro filhos, Marçal é bacharel em direito, empresário e influenciador digital. Nas redes sociais, possui milhões de seguidores.

Sofia Manzano (PCB)

Filiada ao PCB desde 1989, Sofia Manzano disputa sua segunda eleição – em 2014, foi candidata a vice-presidente na chapa de seu correligionário Mauro Iasi.

Ex-presidente da União da Juventude Comunista (UJC), Manzano nasceu em São Paulo e leciona na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Economista e mestre em desenvolvimento econômico, é casada e mãe de um filho.

cnnbrasil

Related posts

Deixe uma resposta