Vencedor da eleição presidencial poderá usar Avenida Paulista no domingo, decide Justiça

Juiz Randolfo Ferraz de Campos determinou que manifestações só podem acontecer a partir das 20h30 de domingo.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo decidiu nesta quinta-feira que o vencedor da eleição presidencial terá direito a utilizar a Avenida Paulista no próximo domingo, a partir das 20h30. A decisão impõe uma derrota aos apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) que já haviam marcado um ato para acompanhar a apuração na via.

Como mostrou o GLOBO na quarta-feira, o uso da Paulista no dia da votação do segundo turno estava sendo disputado por bolsonaristas e petistas.

“Decide-se no sentido de que deverá dar-se conforme estritamente o resultado da eleição, prevalecendo e aplicando-se o mesmo consenso a que se chegou para o primeiro turno”, escreveu o juiz Randolfo Ferraz de Campos na decisão.

— A decisão garante os direitos constitucionais de reunião e livre manifestação de pensamento, coroando a eleição como a festa da democracia. Isso porque permitirá que a avenida Paulista seja ocupada para comemorações do grupo que se sagrar vencedor das eleições presidenciais — afirma Michel Bertoni Soares, advogado do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores.

O Globo

Related posts

Deixe uma resposta