Portal Mídia

O maior portal de Guarabira e do Brejo

Vídeo: bolsonaristas ocupam Alvorada em dia de diplomação de Lula

Manifestantes favoráveis ao petista se reúnem em frente ao TSE, onde ocorrerá a cerimônia que precede a posse do presidente eleito

No dia da diplomação do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), marcada para ocorrer na tarde desta segunda-feira (12/12), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), um grupo de bolsonaristas se aglomerou no Palácio da Alvorada, residência oficial do presidente Jair Bolsonaro (PL).
Os manifestantes que se concentravam em frente à Base Administrativa do Quartel-General do Exército se deslocaram, na tarde de domingo (11/12) para o local. Na sexta-feira (9/12), o chefe do Executivo proferiu rápidas palavras e no domingo (11/12) apenas desejou “boa noite a todos”.Eles passaram a noite acampados em frente à residência oficial e amanheceram, nesta segunda-feira (12/12), em frente ao espelho d’água. A área, por lei, é responsabilidade do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) e deve ser fiscalizada pelos agentes do órgão chefiado pelo general Augusto Heleno.

A reportagem questionou o GSI sobre a permanência dos apoiadores em área de segurança, mas até o momento não obteve retorno. O espaço segue aberto.

Os manifestantes passaram a manhã em frente à residência, gritando palavras de ordem como “Lula, ladrão, seu lugar é na prisão” e “Bolsonaro, fica”. Em tese, os manifestantes esperam de Bolsonaro uma sinalização para que as Forças Armadas impeçam a posse do petista que será diplomado nesta segunda.

Movimentação no TSE

Já nos arredores do Tribunal Superior Eleitoral, local onde acontecerá a solenidade, há a presença de manifestantes pró-Lula, que aguardam o evento de diplomação.

A área em torno do tribunal amanheceu com segurança reforçada nesta segunda. Com apoio de equipes e veículos da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), há um cerco montado ao redor da Corte. Desde cedo, apoiadores e camelôs de produtos lulistas se concentram em locais próximos.

A solenidade estava marcada para a próxima segunda-feira (19/12), no entanto, teve de ser antecipada, com forte esquema de monitoramento definido pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF), na tentativa de fazer diminuírem os protestos de bolsonaristas que questionam o resultado da eleição de 2022.

Desde 1946 e organizada pela Justiça Eleitoral, a cerimônia de diplomação marca o reconhecimento da vitória da chapa eleita. A expectativa é que, na ocasião, Lula anuncie os nomes dos ministros que vão integrar a equipe do novo governo.

curtida no instagram, comentário no instagram, seguidor do instagram-4294405.jpg

nossas redes sociais

%d blogueiros gostam disto: