Vídeo: Repórter da Jovem Pan em MG é agredido durante cobertura de protesto

Radialista da Rádio Cidade/Jovem Pan de Araxá fazia a cobertura ao vivo do ato, quando foi cercado por bolsonaristas e agredido por caminhoneiro.

 

O repórter Diogo Meira do grupo Rádio Cidade/Jovem Pan de Araxá, foi agredido por um caminhoneiro durante manifestação em defesa do presidente Jair Bolsonaro (PL) no trevo da cidade, que dá acesso às BRs 262 e 452, na manhã desta quarta-feira (2/11).

A confusão começou quando Diogo fazia a cobertura ao vivo para a Rádio Cidade e foi interrompido por um manifestante, que mexeu na câmera. O repórter contornou a situação dizendo “está me ajudando” e continuou repassando as informações. Pouco mais de um minuto depois, uma mulher apareceu chamando outros manifestantes para irem em direção ao radialista. Depois desse momento, o sinal voltou para o estúdio.

Logo após, um novo vídeo que circula nas redes sociais mostra um caminhoneiro e Diogo em luta corporal. Durante a briga, uma mulher grita e pede que os dois parem.

Versão do motorista

Em nova gravação, o caminhoneiro aparece sentado dentro de um carro e diz que é do Paraná. Nesse momento, um homem faz perguntas ao motorista e ele relata que foi agredido pelo repórter. “Eu só falei para ele ajudar nós (sic) e não fazer o ‘L’ e ele perguntou se eu tava perseguindo ele e me agrediu com um tripé”, iniciou.
Em seguida, o motorista foi perguntado pelo homem se o repórter estava com uma camisa vermelha da Rádio Cidade/Jovem Pan e o caminhoneiro respondeu que “sim”. “Você não tem culpa, você é uma vítima de um petista”, concluiu o homem que estava fazendo as perguntas.
https://www.em.com

Related posts

Deixe uma resposta