Tenente da PM de Alagoas que se afogou em treinamento morre no DF

O tenente da Polícia Militar de Alagoas Abraão da Silva Taveira, 39 anos, morreu, nesta sexta-feira (8/9), após passar dias internado. Ele sofreu uma parada cardíaca durante um curso de Cinotecnia da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). O oficial participava de uma atividade coordenada pelo Corpo de Bombeiros do DF, no centro de treinamento da corporação.

Abraão estava internado no Hospital de Base em estado grave desde 31 de agosto. A 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) recebeu a informação da morte do PM durante a tarde, e solicitou a remoção de cadáver ao IML de Brasília.

Uma equipe de policiais civis compareceu ao hospital para diligências preliminares. A DP apura os fatos.

Atividade em manilha

Abraão, do Batalhão de Cães da PM alagoana, fazia uma atividade dentro de uma manilha com água. Ele teria sofrido um mal súbito e permanecido com a cabeça submersa durante algum tempo. Tenente Taveira, como era conhecido, recebeu os primeiros socorros e foi levado às pressas para o Hospital de Base.

O militar sofreu um forte edema cerebral e estava em coma, desde então. Ele teria ficado vários minutos sem respirar.

Nota de pesar

A PM de Alagoas manifestou pesar por meio de nota. Leia abaixo:

É com profunda dor e imenso pesar que o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, Coronel Paulo Amorim, vem a público comunicar o falecimento do 1º tenente Abraão da Silva Taveira, de 39 anos de idade, ocorrido nesta sexta-feira (08), em Brasília/DF. O militar, que é natural de Garanhuns, Pernambuco, ingressou na PM em janeiro de 2016 e após o Curso de Formação de Oficiais (CFO) foi declarado Aspirante da Turma 2018. O tenente era lotado no Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) exercendo a função de comandante do Canil. Sua carreira foi breve, porém notável. Uma história de serviço marcada pela busca constante por qualificação e aprimoramento técnico, com destacável desempenho em operações especiais e em policiamento com cães. Seu profissionalismo fez com que, em janeiro deste ano, o oficial fosse convocado para comandar a tropa alagoana enviada para reforçar a segurança no Distrito Federal. No dia 30 de agosto de 2023, o tenente Taveira sofreu um grave acidente durante treinamento no Curso Operacional de Cinotecnia da Polícia Militar do Distrito Federal. Nos dias subsequentes esteve internado no Hospital de Base. O comandante-geral, coronel Paulo Amorim, em nome de toda a tropa presta as mais sinceras condolências aos familiares e amigos do bravo combatente que serviu, honrou e amou a farda e o Estado de Alagoas. O Comando Geral reitera que está empregando todos os esforços pela elucidação dos fatos que vitimaram o militar alagoano. Em breve serão repassadas informações sobre velório e sepultamento”.

metropoles

%d blogueiros gostam disto: