Coletiva Abayomi homenageia mulheres negras pela atuação contra o racismo na Paraíba em evento neste sábado (13)

A Abayomi – Coletiva de Mulheres Negras da Paraíba realiza na tarde do sábado (13) a 6ª Edição do Buyìn Dudu: Recontando Nossas Histórias. O evento é uma honraria negra concedida à mulheres negras da/na Paraíba em reconhecimento as suas trajetórias de luta em diferentes setores da sociedade.

Neste ano, serão homenageadas cinco mulheres negras de três municípios da Paraíba: João Pessoa, Alagoa Grande e Pilar. São elas: a Iyalorixá Mãe Renilda, a delegada Maísa Félix, a quilombola Elza Ursulino, a professora Graça Silva e a atriz Norma Góes. Todas com trajetórias marcadas por uma atuação na afirmação da identidade negra, defesa de direitos humanos e enfrentamento ao racismo.

O evento é aberto ao público com entrada gratuita e acontecerá na Usina Cultural Energisa, a partir das 19h. A cerimônia de abertura terá performance de de Tutu Carvalho e apresentação artístico-cultural do grupo de Coco e Ciranda “As Caianas”, composto por mulheres quilombolas de Caiana dos Crioulos, Alagoa Grande/PB.

O Buyìn Dudu é realizado sempre no mês de julho, em alusão à celebração do 25 de julho: Dia de Tereza de Benguela e da Mulher Negra no Brasil e Dia Internacional das Mulheres Negras, Latino Americanas e Caribenhas. Essa data está inserida na agenda local e regional das mulheres negras. Em 2024 a Paraíba realiza a 26a edição do 25 de Julho, e a Rede de Mulheres Negras do Nordeste, a 12a edição do Julho das Pretas.

manchetepb